Autor: Eliana Loureiro

Redação publicitária, jornalismo, storytelling e mídias sociais.

Azulzinho é a cor

Olhou os dedos com as pontas amarelas. Para despistar, lambeu-os. O gosto ainda era bom. Desprevenida, viu o belo rapaz forte à sua frente. O trio regata, short e tênis, não negava: ele rumava para o crossfit pelo qual ela já havia passado. Seu olhar era pra ele, mas o dele não era pra ela,…
Leia mais


24 de janeiro de 2018 0

Então é Natal

  Hoje é dia em que todos correm para o shopping, em busca dos últimos presentes. Mas eu, não. Sei que o que vou dizer pode soar contraditório pra quem trabalha em propaganda e com a indústria da moda, só que eu realmente tenho ficado satisfeita em ver minhas roupas se desgastarem com o tempo…
Leia mais


23 de dezembro de 2017 0

#DateRuim (Baseado em fatos surreais)

Quando o caso eram relacionamentos, ela tinha lá seus princípios. Entre eles: nada de pagar motel, nem dividir, e fim de papo. – Por quê? – Oras, pagar o motel é passar atestado de baranguice! Me dá a sensação de que eu preciso pagar um homem pra me comer, explicava ela. Dividir a conta, ok,…
Leia mais


8 de novembro de 2017 0

REFLEXÃO

Sabe, hoje eu cansei, mas cansei de um jeito descansado. Explico. Eu cansei de chorar. Finalmente enxuguei as lágrimas e fui me olhar no espelho. Acredita? Eu que sempre tive medo da verdade que ele revela. Eu olhei lá no fundo do meu medo e vi os cabelos brancos, a barriga flácida, o peito murcho……
Leia mais


21 de outubro de 2017 0

SOFÁ DE S2 LUGARES

Hoje eu comprei um sofá novo. Não comprei mais um móvel, que faz par com os quadros, o rack e a tevê, não, mas meu aconchego. Companhia das noites frias, em casa, vendo um filme. Inseparável quando eu estiver lendo um livro, ou vivendo um romance. Não um sofá como outro qualquer. Quando o vi,…
Leia mais


21 de outubro de 2017 0

Old but gold

Não me entenda mal, eu adoro tecnologia. Fui uma das primeiras entre meus amigos a ter um smartphone, mas adoro comprar livros no sebo, ver as marcações do antigo dono, as anotações à mão no rodapé da página e, principalmente, as dedicatórias. Certa feita, uma amiga achou um livro com os seguintes dizeres: “Para uma…
Leia mais


31 de julho de 2017 0

Da escrita

Criança, como todos, eu aprendi a escrever. Mas pra mim, foi mais do que isso. Foi a descoberta de um refúgio. Um lugar só meu, onde eu podia expressar o que eu pensava e sentia. Logo comecei a produzir diários, que eu esperava que ninguém lesse. Neles, mentia pra mim mesma e contava histórias inventadas…
Leia mais


17 de junho de 2017 0

Casamento – 11.06.17

Boa tarde a todos. Hoje estamos aqui reunidos, amigos e familiares de Juliana e Denise, para celebrar o amor. Não apenas o amor, mas a coragem. A coragem das noivas e protagonistas dessa história que todos nós aqui presentes conhecemos o final. Porém eu quero lhes contar o início e o meio até esse happy…
Leia mais


12 de junho de 2017 0

É O CALÇADO QUE ME CALÇA OU EU QUE O USO?

Quando era adolescente, imaginava que quando usasse sapatos como esses é porque eu seria uma grande mulher. Pensava que só com uma personalidade majestosa, que fizesse me destacar em meio à multidão, para prescindir da altura que o salto alto me dava (baixinha!), e sem necessitar pisar em ninguém para chegar lá. Hoje me lembrei…
Leia mais


5 de março de 2017 0